Envie um Whatsapp
Ligue Agora

A procura pela cirurgia nas orelhas para tratar o incômodo conhecido como Orelha de Abano é feita principalmente na fase de infância e adolescência, devido aos fatores psicológicos geralmente ligados às situações de bullying.

Falarei um pouco sobre a cirurgia plástica para correção da orelha de abano conhecida também como Otoplastia, e algumas particularidades sobre o procedimento que pode ser feito na infância ou fase adulta.

Em quais casos a cirurgia plástica de correção para orelha de abano é indicada?

Quem busca pela otoplastia geralmente está insatisfeito com um ou mais aspectos das orelhas, por ser um procedimento altamente individualizado não existe apenas uma condição clínica, e a motivação por parte do paciente é parte fundamental na indicação do procedimento.

Crianças podem fazer a cirurgia para orelha de abano?

Sim, para fazer a cirurgia quando criança, a idade recomendada é a partir dos 6 anos, quando a orelha já possui a cartilagem estável e já alcançou o tamanho próximo à fase adulta. Além disso, alguns pontos devem ser considerados:

  • A capacidade de expressar seus sentimentos com relação ao procedimento também é fundamental, durante a discussão da cirurgia a criança deve estar apta a se manifestar sobre o assunto, inclusive com objeções;
  • O desejo de corrigir as alterações deve partir da criança, e não somente dos pais;
  • A criança deve ter a postura cooperativa, para seguir todas as recomendações médicas na cirurgia e pós operatório;
  • Ser uma criança saudável e não ter infecções de ouvido não tratadas também é importante para a cirurgia.

Como é o pós operatório da cirurgia para orelha de abano?

O pós operatório é tranquilo e alguns cuidados devem ser tomados para garantir o bom resultado, pode haver desconforto após a cirurgia e geralmente é recomendada alguma medicação para dor, também pode surgir a sensação de coceira no local (que estará coberto, com curativos) aqui o conselho é não remover as ataduras, pois mexer no local da cirurgia pode comprometer o resultado, sendo necessária uma nova cirurgia para reparo.

Dicas e recomendações antes da cirurgia

Além de pensar bem no assunto e na necessidade da cirurgia, procure um cirurgião plástico que faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, busque recomendações e converse com outras pessoas que já passaram pelo procedimento. Tenha em mente que pode haver necessidade da realização de avaliação médica ou exames laboratoriais.

Para fumantes, devem estar preparados para parar de fumar bem antes da cirurgia e também para não-fumantes recomenda-se evitar o uso de medicamentos que podem aumentar o sangramento (aspirina, alguns anti-inflamatórios).

Espero que aproveite as informações do post, comente com suas dúvidas ou outros assuntos que queira ver por aqui. 🙂

Fábio Saito

Cirurgião Plástico com formação pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Sócio Diretor da Essere Clínica Médica, apreciador de um bom café e de bons momentos da vida. No Insta você pode mandar DM no @fabiosaitocirurgiaplastica