Envie um Whatsapp
Ligue Agora

O que é a cirurgia plástica pós obesidade?

O tratamento da obesidade mórbida através de dieta, exercício e cirurgias, e a perda maciça de peso criou um novo perfil de pacientes que buscam se livrar dos estigmas desse emagrecimento. A área da cirurgia plástica pós bariátrica, relativamente nova, mas já muito bem estabelecida, busca melhorar a qualidade de vida dos pacientes, proporcionando a reintegração social e facilitando as atividades cotidianas.

Quais as áreas mais tratadas e quais as cirurgias?

O paciente com perda de peso maciça possui grande flacidez cutânea, alterações da composição estrutural da pele, associada ainda a uma distribuição irregular do tecido gorduroso. As cirurgias mais procuradas são a abdominoplastia, as mamoplastias, as cirurgias de coxa e braços.

As cirurgias da mama nos pacientes pós-bariátricos apresentam algumas particularidades, com táticas e técnicas diferentes, adaptações por conta das peculiaridades desses pacientes. De modo geral, tento evitar o uso de implantes de silicone, por conta da pouca cobertura tecidual existente. Quando possível, a preferência é pela mastopexia, ou cirurgia para levantar e remodelar as mamas.

A abdominoplastia em âncora, apesar da cicatriz vertical, ajuda a tratar o excesso de pele da região mais alta do abdômen, com grande melhora no contorno das pacientes. A abdominoplastia clássica ou horizontal trata especialmente a porção mais inferior do abdômen, com a possibilidade de tratar o chamado abdômen em avental, e ainda resultar em cicatriz que fica localizada dentro das roupas íntimas. Já a abdominoplastia circunferencial ou torsoplastia trata simultaneamente o abdome e a região dorsal. A cicatriz resultante é baixa e permite melhora do contorno glúteo.

O tratamento da região das coxas depende muito do grau de flacidez e acúmulo de gordura existente. É um tratamento que pode envolver a lipoaspiração, ressecções limitadas a região inguinal ou ressecções extensas que podem ir até o joelho. Ainda, no tratamento dos membros inferiores, uma queixa comum é são os joelhos, que podem ser tratados também com a lipoaspiração ou nos casos mais graves, com ressecções cutâneas diretas.

O tratamento dos braços pode ser realizado somente com lipoaspiração em casos selecionados, mas geralmente as grandes sobras requerem ressecções cutâneas. É uma cirurgia rápida e pouco dolorosa, com melhora importante do contorno dos braços. Nessa cirurgia, muitas vezes associo o tratamento da parede lateral do tórax e ginecomastia (nos homens) ou mamoplastia (nas mulheres).

Como decidir?

A melhor opção cirúrgica depende das queixas e das alterações de cada paciente. Uma boa conversa, discussão dos prós e contras, e um bom planejamento são chave para um bom resultado!

Fábio Saito

Cirurgião Plástico com formação pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Sócio Diretor da Essere Clínica Médica, apreciador de um bom café e de bons momentos da vida. No Insta você pode mandar DM no @fabiosaitocirurgiaplastica