Envie um Whatsapp
Ligue Agora

Mesmo controlando o peso durante a gravidez, é comum algumas mulheres encontrarem dificuldades para recuperar a silhueta.

Para resolver essa questão, algumas delas recorrem a procedimentos cirúrgicos pós-parto, a fim de eliminar a gordura e flacidez trazidas pela gestação.

No entanto, é importante entender que esses procedimentos cirúrgicos são uma opção para recuperar o contorno corporal e corrigir a harmonia estética do corpo feminino, ou seja, não servem como um recurso exclusivamente de emagrecimento.

Veja quais os procedimentos pós-parto mais procurados

As cirurgias plásticas mais procuradas pelas mulheres no pós-parto são:

Lipoaspiração

Utilizada para remodelar o corpo, a lipoaspiração consegue retirar o acúmulo de gordura, principalmente quando localizado na região do abdômen, flancos e dorso. Esse procedimento é indicado para mulheres que não apresentam flacidez após a gravidez, mas, por algum motivo, não conseguem se livrar das famosas gordurinhas localizadas.

Abdominoplastia

A abdominoplastia é indicada em casos de acúmulo de gordura no abdômen acompanhado de flacidez. Esse procedimento remove, em uma única cirurgia, gordura, pele e até mesmo estrias, desde que localizadas na parte inferior do abdômen, abaixo do umbigo. Além disso, na abdominoplastia, é tratada a diástase dos músculos reto abdominais. A diástase é o afastamento dos músculo anteriores da parede abdominal, que ocorre durante a gestação e pode dar a sensação de “barriga estufada”.

Ainda em relação às estrias, é importante ressaltar que aquelas localizadas nos flancos e seios são impossíveis de retirar, portanto, previna-se sem ganho excessivo de pelo e hidratando a pele durante a gravidez.

Correção das mamas

Com o rápido aumento de tamanho, as mamas podem apresentar flacidez após o período de amamentação. Para corrigir isso, existe um procedimento de correção das mamas que retira o excesso de pele, eliminando o excesso de pele e remodelando o parênquima mamário.

A utilização dos implantes de silicone é uma outra opção para melhorar a mama após a amamentação. Eles podem ser feitos de forma independente ou junto com o procedimento de remoção da pele em excesso, se for o caso.

Qual o momento ideal para realizar o procedimento?

Qualquer tipo de procedimento cirúrgico pós-parto é aconselhado somente seis meses após o parto, fase em que o corpo já passou por todas as importantes transformações hormonais, desde que a mamãe não esteja mais amamentando (no caso da cirurgia de correção das mamas e implante de silicone, aconselha-se um tempo ainda maior, em torno de seis meses após o fim da amamentação).

Para escolher o momento ideal, é fundamental considerar o desejo da mulher em ser mãe novamente. Principalmente no caso da abdominoplastia, uma segunda gravidez pode causar estiramento de pele e estrias profundas, sendo melhor adiar a cirurgia para depois da constituição completa da família.

Outro ponto importante para pensar é o período pós-cirúrgico. Alguns desses procedimentos pedem repouso e até oito semanas sem levantar peso, o que pode ser um desafio com um bebê em casa.

Sendo assim, é importante conversar com o médico sobre suas expectativas e planos futuros. Por vezes, é indicado aguardar um tempo maior para realizar a cirurgia, assim a mãe conseguirá participar mais intensamente dos primeiros meses de vida do seu filho e ainda terá a chance de pensar sobre a possibilidade de uma nova gestação.

Fábio Saito

Cirurgião Plástico com formação pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Sócio Diretor da Essere Clínica Médica, apreciador de um bom café e de bons momentos da vida. No Insta você pode mandar DM no @fabiosaitocirurgiaplastica