Envie um Whatsapp
Ligue Agora

Peça fundamental no desfecho da harmonia facial ao todo, o nariz pode definir uma aparência mais carregada ou mais delicada, e nem sempre isso combina com o restante do rosto.

A Rinoplastia é uma alternativa que podemos levar em consideração quando se trata de refinar a beleza do nariz. Com técnicas diversificadas, pode alterar a aparência do nariz conforme desejo do paciente e claro, indicação médica.

Uma das técnicas de maior eficácia da Rinoplastia é a Conservadora. A Rinoplastia conservadora preza pela segurança e dano mínimo ao paciente, e nesse post falarei um pouco mais sobre ela.

O Que é a Rinoplastia?

A Rinoplastia é o procedimento que pode diminuir, achatar, alterar forma e tamanho do nariz. O objetivo final é gerar proporção entre nariz e face, colaborando para a harmonia facial.

Como Funciona a Rinoplastia Conservadora e Qual a Diferença para a Tradicional?

A Rinoplastia Tradicional é um pouco menos delicada. Para mudar a aparência do nariz, acaba por destruir a construção das cartilagens nasais. Quando isso acontece, alguns problemas podem aparecer como consequência, como irregularidades, deformidades, desvios, podendo gerar, também, incômodo estético.

A Rinoplastia Conservadora visa preservar essa arquitetura das cartilagens, mantendo a função das válvulas nasais. Além de manter a segurança do paciente e prevenir futuras complicações, essa técnica gera um resultado muito mais natural quando comparada à rinoplastia tradicional.

Todas as alterações são aplicadas em lugares estratégicos, como em regiões anatômicas não visíveis e longe das válvulas nasais. Essa técnica possui a vantagem de assegurar resultados naturais a longo prazo.

Pós Operatório da Rinoplastia Conservadora

Realizada sob anestesia geral ou local associada à sedação, dura em torno de 3 horas e demanda internação de 1 dia.

Após o procedimento, é incluso o uso de imobilização para melhor acomodação da nova estrutura. Além disso, serão colocados tampões de gaze em cada lado do nariz e só poderão ser removidos após 12 à 24 horas, seguindo recomendação médica.

O pós operatório pode trazer certo desconforto que varia segundo o nível de sensibilidade de cada paciente. É comum que o paciente sinta certo incômodo, e nesses casos, serão prescritos medicamentos para controle.

O procedimento pode gerar congestão nasal durante algumas semanas. Isso ocorre por conta do inchaço do nariz que acaba por obstruir as vias aéreas. Ao decorrer dos dias, essa obstrução vai amenizando. Nos primeiros dias, pode ser que o paciente necessite respirar pela boca.

O paciente poderá retornar às atividades normais após 7 dias. É válido ressaltar que esse tempo pode variar de paciente para paciente.

Por que Optar pela Rinoplastia?

Além de gerar uma bela aparência para a face, a Rinoplastia pode produzir efeitos de melhoria funcional, podendo melhorar a respiração do paciente. Em alguns casos, pode ser realizada em conjunto à cirurgia de Desvio de Septo.

Antes de decidir passar pelo procedimento, converse com um cirurgião especializado na área e devidamente registrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Fábio Saito

Cirurgião Plástico com formação pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Sócio Diretor da Essere Clínica Médica, apreciador de um bom café e de bons momentos da vida. No Insta você pode mandar DM no @fabiosaitocirurgiaplastica