Envie um Whatsapp
Ligue Agora

Quando falamos em queimadura, o tema é muito vasto: seja pela quantidade de tipos de queimaduras, pelas diferentes regiões do corpo, tipos de queimaduras, material que provocou a queimadura, dentre outras variáveis; o que torna a pergunta “Como tratar a queimadura?” uma questão muito mais complexa e impossível de se apresentar uma solução imediata ou produto milagroso.

O objetivo deste texto é trazer as principais informações sobre queimaduras na pele, desde os tipos de queimaduras até opções de tratamentos.

Tipos de queimaduras – Entendendo a estrutura da pele

Quando ouvimos falar em queimadura de primeiro, segundo e terceiro grau, estes níveis são usados para classificar a profundidade da queimadura, entenda a diferença:

Queimadura de 1º grau

É a queimadura superficial, que atinge apenas a epiderme, geralmente ocasiona além da dor, a vermelhidão e inchaço na região da queimadura, sem lesões como bolhas ou ferimento aparente.

Queimadura de 2º grau

Atingindo a epiderme e derme, a queimadura de segundo grau apresenta maiores alterações aparentes, além de ocasionar dor e inchaço, geralmente apresenta variações na coloração da pele, com o aparecimento de bolhas.

Queimadura de 3º grau

Mais agressiva que as queimaduras citadas anteriormente, a queimadura de terceiro grau atinge todas as camadas da pele, podendo chegar aos ossos em alguns casos. É tão profunda, que lesa as terminações sensitivas da pele e é indolor. acompanha necrose (ou morte) tecidual, e o tratamento requer intervenções cirúrgicas na maioria das vezes.

Quando falo em tipo de queimadura, é interessante lembrar que não é apenas o fogo que causa a queimadura, existem outros agentes causadores de queimadura na pele. São classificados em tipos e os três principais agentes causadores da queimadura na pele são:

Agente físico

Podendo ser pelo frio ou calor, alguns bons exemplos de causadores físicos são: frio excessivo, queimadura pelo sol, fogo, objetos sólidos muito frios ou muito quentes, líquidos em altas temperaturas, choque elétrico, raio-x, radiação nuclear.

Agente biológico

São queimaduras de origem vegetal ou animal. Um exemplo de queimadura biológica é a queimadura por água-viva, também queimaduras ocasionadas pelo contato com algumas espécies de lagartas, ou por plantas como urtiga, aroeira brava, comigo-ninguém-pode.

Agente químico

São aquelas geradas por produtos químicos corrosivos, como alguns tipos de ácidos ou bases (alcalinas), alguns destes produtos por serem mais fortes podem queimar partes mais resistentes da pele, outros considerados “mais leves” podem causar graves queimaduras quando em contato com mucosas e partes mais sensíveis. Alguns exemplos de produtos de uso comum que podem gerar queimaduras quando em contato com a pele são: gasolina, álcool, produtos de limpeza, ácido de bateria de carro, produtos para coloração de piscinas.

Possíveis tratamentos para cicatriz de queimadura

Assim como temos diversos níveis de queimaduras, temos também a cicatrização diferente de acordo com a queimadura. Cicatrizes mais superficiais podem ser tratadas com técnicas como: microagulhamento, peeling, dermoabrasão, dentre outros procedimentos combinados que podem envolver o uso de toxina botulínica e lasers.

Em que situação é recomendada cirurgia plástica para tratar queimaduras?

A cirurgia plástica é procurada no intuito de tratar a cicatriz da queimadura, como queimaduras mais agressivas (de 2º e 3º grau) deixam cicatrizes mais profundas, geralmente é nesse caso em que o paciente busca intervenção cirúrgica para tratar a cicatriz da queimadura.
Embora muitas pessoas pensem que o tratamento cirúrgico da cicatriz da queimadura tem apenas a finalidade estética, quando há queimadura em regiões de dobras como joelho, cotovelo, pescoço, há um comprometimento funcional que pode ser abordado.
Outra situação comum na procura da cirurgia plástica tem relação com o local da queimadura, geralmente o incômodo maior por parte do paciente quando a cicatriz está em uma região exposta da pele.

Como é o pós operatório da cirurgia de queimaduras?

No início pode haver inchaço na região operada e desconforto nas duas primeiras semanas. O acompanhamento e tratamento para melhores resultados pode exigir sessões de peeling químico, dermabrasão, dentre outras técnicas para tratamento superficial que podem ser recomendadas para garantir melhores resultados.

Espero ter contribuído com seu conhecimento sobre cicatrizes, sinta-se à vontade para comentar com outros temas que deseja ver por aqui. =)

Fábio Saito

Cirurgião Plástico com formação pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Sócio Diretor da Essere Clínica Médica, apreciador de um bom café e de bons momentos da vida. No Insta você pode mandar DM no @fabiosaitocirurgiaplastica