Envie um Whatsapp
Ligue Agora
[ mamas ]

Mamoplastia, Mastopexia, Silicone, Reconstrução.

Cirurgias plásticas das mamas são muito populares e embora algumas técnicas tenham nomes parecidos, é bom entender a finalidade de cada tipo de cirurgia.

Explico aqui os principais tratamentos, que podem fazem parte de cirurgias mais completas como mommy makeover ou cirurgia plástica de contorno corporal pós bariátrica / emagrecimento.

Mamoplastia de aumento e redutora

O procedimento trabalha técnicas de redução, aumento e reposicionamento das mamas. 

A Mamoplastia de Aumento visa proporcionar volume para as mamas por meio da inserção de próteses de silicone. O tipo de implante, tamanho e perfil dependerão de fatores como biotipo, necessidade e objetivo da paciente. Avanços recentes permitem a realização da Lipoenxertia Mamária para aumento do volume, isto é, uso de enxerto de gordura retirada do corpo paciente. Porém, apenas em casos mais específicos. 

A Mamoplastia Redutora reduz o excesso de pele, tecido glandular mamário e excesso de gordura, deixando as mamas proporcionais ao contorno corporal ao todo. O procedimento vai além de restauração estética, melhorando também questões funcionais, como dores nas costas causadas pelo excesso de peso mamário. 

Mastopexia

O procedimento visa reposicionar as mamas que sofreram com a ptose mamária (queda das mamas), reposicionando-as até sua posição original de forma a deixá-las proporcionais ao restante do contorno corporal. Após a cirurgia, a paciente estará com um curativo que será removido após 24 horas e substituído por fios de micropore. Além disso, deverá usar o sutiã cirúrgico durante o período de 30 a 45 dias, período este que pode variar a depender de indicação do médico.

Reconstrução Mamária

Em alguns casos mais avançados de câncer de mama, a mastectomia pode ser necessária. É um processo profundo de tratamento, e pode afetar a autoestima e, consequentemente, a qualidade de vida da paciente.⠀

Visando evitar que o processo seja ainda mais pesado, a Reconstrução Mamária pode ser realizada de forma imediata (ou seja, logo após a mastectomia, na mesma cirurgia) ou de forma tardia (em outro tempo cirúrgico, em casos onde a paciente ainda está realizando tratamentos para o câncer).⠀

A reconstrução é realizada de forma a deixar a aparência das mamas o mais natural dentro das possibilidades, priorizando a simetria, formato e preenchimento. Pode ser realizada com próteses de silicone, técnicas de expansão ou retalhos de tecido do corpo da própria paciente.