Envie um Whatsapp
Ligue Agora

Apesar de todos os avanços no campo do aumento mamário as cicatrizes resultantes existem e devem ser consideradas na decisão da via de acesso adequada. Existem 3 posições possíveis para a cicatriz: sulco inframamário, região areolar e região axilar.

Como então deve ser feita a escolha pela paciente?

Algumas considerações podem ajudar na hora de decidir. A principal pergunta que a paciente deve responder é: Em qual situação eu prefiro expor a minha cicatriz? uma vez que toda cirurgia resulta em uma cicatriz por melhor que seja sua qualidade.

O acesso pelo sulco inframamário é o mais realizado no Brasil, tendo como principal vantagem o fato de ser pouco percebido pela paciente. A cicatriz pode ser vista em alguns trajes como biquínis ou tops curtos. O segundo acesso em número de procedimentos é o acesso periareolar que tem a vantagem de só ser visível após a retirada das roupas. O acesso axilar é o menos realizado por ser mais trabalhoso, apresentando a grande vantagem de não deixar nenhuma cicatriz na mama.

Cada cirurgião tem a sua via de acesso preferencial e, em mãos treinadas, todas elas podem propiciar ótimos resultados estéticos.

Converse com o seu cirurgião e esclareça suas dúvidas antes de tomar a decisão.

Fábio Saito

Cirurgião Plástico com formação pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Sócio Diretor da Essere Clínica Médica, apreciador de um bom café e de bons momentos da vida. No Insta você pode mandar DM no @fabiosaitocirurgiaplastica